Compre o DVD da Lu

SE VOCÊ QUER SER FELIZ, LEIA ISSO AGORA!

//SE VOCÊ QUER SER FELIZ, LEIA ISSO AGORA!
Segundo a ONU, o mundo está cada vez mais infeliz.
De qual lugar você importa a sua felicidade?
De um corpo bonito? De seu carro novo? De ter um filho ou uma bela quantia de dinheiro no banco?
Se isto for, indica que a sua felicidade é passageira.
Antigamente a felicidade era vista como algo do exoterismo, dos gurus, da auto-ajuda.
Neste século em que vivemos a felicidade é vista diferente.
Temos a ciência da felicidade que torna as pessoas mais felizes.
Um exemplo é o exercício físico.
Exercitar o corpo regularmente produz o mesmo efeito psicológico ao bem estar que o mais poderoso remédio psiquiátrico. Na realidade, o exercício funciona melhor que o próprio remédio. Ele libera norepinefrina, serotonina e dopamina que são substâncias do bem-estar no cérebro.
Além do exercício, a meditação. Apenas 10 minutos de meditação ou Ioga alteram o modo como o cérebro funciona em suas conexões, nos tornando mais resistentes diante de dificuldades e mais abertos a emoções prazeirosas como a alegria e o amor.
Outra descoberta importante sobre a felicidade é o principal indício de felicidade. E o principal são as relações.
Preocupar-se com as pessoas e as pessoas conosco. É importante estar com elas de corpo inteiro, com a mente presente. Relação real, não virtual.
Nos últimos anos o Brasil sofreu uma queda nos níveis de felicidade e o principal motivo disso é que as relações virtuais estão tirando o lugar das relações reais. Isso explica por que os níveis de felicidade estão caindo.
Além disso, as redes estão tomadas de falsa felicidade porque as pessoas não aceitam mais a infelicidade, a morte, a doença…Bem se vê em um simples choro e alguém logo nos enxuga as lágrimas como se fosse uma obrigação ser feliz.
O choro, a tristeza, a infelicidade, tudo faz parte do amadurecimento.
Paradoxalmente, o primeiro passo para a felicidade é permitir a entrada da infelicidade.
É quando temos a permissão para sermos humanos, quando nos permitimos experimentar emoções dolorosas como tristeza, raiva, ansiedade, decepção, inveja…
Só quando sentimos essas emoções que nos abrimos para emoções prazeirosas também.
Rejeitar emoções dolorosas só vai intensificá-las.
A dor então seria um caminho para a felicidade.
Porém a grande maioria tem a concepção de que a infelicidade é uma tragédia. Será mesmo apenas trágica?
Para emagrecer e ganhar saudável, é preciso muitas vezes deixar de comer o que ama.
Para passar em um concurso público, é preciso recusar inúmeros convites de festa e estudar bastante.
Para comprar a casa dos sonhos, é preciso economizar, economizar e economizar.
Quero dizer que você jamais saberá o que é saúde se nunca esteve doente. Jamais saberá amar as pessoas enquanto não perder alguma pra dar importância `as relações. Você não teria nenhum prazer em determinadas situações se nunca bateu o frio da necessidade.
Por isso, a felicidade está nas suas memórias boas e ruins. Nas suas lutas, superações, derrotas, vitórias…
A felicidade está em você!

Lu Oliveira

Facebook: @oficial.luoliveira

Instagram: @oficial.luoliveira

Twitter: @Lu_Oliveira_

www.luoliveira.com.br